Fotos do evento de lançamento do livro “FELA – Esta Vida Puta” e da Festa VooDoo no Ocidente

A última quarta-feira reservou um dia memorável para Porto Alegre. A VooDoo avançou ao plano cultural e realizou o lançamento da biografia “FELA – Esta Vida Puta“, de Carlos Moore, trazendo o autor e proporcionando sessão de autógrafos, além de exibição do documentário “Music is the weapon”, ambos ocorridos no Santander Cultural. Completando um dia dedicado à vida e ao legado do criador do Afrobeat, uma belíssima festa no Ocidente, além de transmissão direta do Programa VooDoo pela Ipanema FM, parceira na promoção da noite.

Desde a simpatia de Carlos – cubano de nascimento, africano no coração, residente na Bahia, cidadão do mundo – até a energia transmitida por FELA e a hipnose provocada pela sua música, foi um dia inteiro de sensações. Emoção por tratar-se de um homem que dedicou sua vida, abrindo mão de fortuna, fama e benesses quaisquer, por uma causa maior: a causa do povo africano. A causa humana, sobretudo. Comovente e motivador, ainda mais ao vermos a total estagnação social dos dias de hoje. E o público aderiu à causa de forma linda. Sessão lotada no documentário; saguão cheio na sessão de autógrafos com o coquetel produzido pela Cozinha de Afrodite; culminando numa festa com uma galera hipnotizada pelo afrobeat, no Ocidente. Ainda, pelo Programa VooDoo na Ipanema, concomitante à festa, contamos com a participação dos amigos Mause e Paulo Muzzi, além de entrevista com o autor da biografia, Carlos Moore, falando um pouco sobre a vida de FELA, sobre o livro, e um pouco sobre sua convivência com ele. Presença marcante de quem encarou o frio como FELA encarava seus inimigos: sem medo! E o calor se fez dentro da casa… Confere as fotos dos dois momentos no nosso Flickr.

Agradecemos a todos que participaram deste belo dia em nossas vidas. E temos certeza que FELA, de onde estiver, ficou muito orgulhoso ao ver o legado de sua vida, de luta incondicional pelos ideais de justiça, admirado e defendido por mais e mais pessoas.

Deixamos como sugestão, pra quem não conseguiu participar do evento, que busquem o documentário (é possível encontrá-lo no Youtube) e não deixem de ler o livro. Um importante documento sobre um dos poucos homens notáveis da era contemporânea sob a visão cultural e política, entre outras.

Music is the weapon!

Um grande abraço!

_________________________________________________________

[29/06, quarta] Lançamento do livro “FELA – Esta Vida Puta” + VooDoo no Ocidente

No dia 29 de junho próximo, a equipe VooDoo presta nova homenagem a um de seus maiores inspiradores, Fela Anikulapo-Kuti (1938-1997). Numa parceria com o Santander Cultural, a Editora Nandyala e o Bar Ocidente, promoveremos uma sessão de cinema com o filme “Music Is The Weapon”, o lançamento oficial em terras gaúchas do livro “FELA – Esta Vida Puta” e, claro, uma nova e grande celebração coletiva e festiva na mítica esquina da João Telles com a Osvaldo Aranha.

“Music Is The Weapon”, dirigido por Jean-Jacques Flori e Stephane Tchalgadjieff (1982, 53 min.), é um documentário que capta o músico e ativista nigeriano no topo de sua carreira. Composto por entrevistas feitas com Fela e com algumas de suas muitas esposas, assim como por gravações de algumas de suas catárticas performances ao vivo, o documentário mostra várias facetas da vida desta figura tão apaixonante quanto controversa: mostra Fela como artista internacionalmente renomado e homem do povo, como músico e como um dos principais ativistas na política nigeriana da época.

“FELA – Esta Vida Puta” (Ed. Nandyala, 2011) é a primeira tradução para o português da biografia oficial do nigeriano, escrita pelo professor e pesquisador cubano Carlos Moore e recentemente lançada no Brasil. Doutor tanto em Etnologia quanto em Ciência Política pela prestigiosa Universidade de Paris-7, França, e atualmente residindo em Salvador, Bahia, Moore tem extenso trabalho de pesquisa e vários livros publicados internacionalmente. Suas temáticas são a cultura e os movimentos de resistência negros. O autor, que conviveu pessoalmente com Fela e tornou-se mesmo seu amigo, estará presente no lançamento do livro em Porto Alegre, onde fará uma sessão de autógrafos e participará de um bate-papo e do coquetel oferecido pela VooDoo aos presentes. Além disso, estarão em exposição as capas dos discos que o próprio Fela doou ao autor, atualmente sob os cuidados da Casa das Áfricas, em São Paulo.

De noite, enfim, pra celebrar momentos tão singulares e presenças tão marcantes entre nós, e também porque muito da força política de Fela foi transmitida através de sua música e das celebrações tanto na República Kalakuta quanto no Shrine, tocaremos e dançaremos febrilmente sobre algumas das melhores trilhas da história e da atualidade da música negra mundial na pista do não menos importante Bar Ocidente, com seleção do residente J.Oster da VooDoo e do convidado Tonho Crocco.

Neste dia, o Programa VooDoo, da Rádio Ipanema FM, será transmitido ao vivo do Ocidente.

Não deixe de participar.

Nosso abraço!

Equipe VooDoo

 

SERVIÇO | Quarta-feira, 29 de junho

—> Lançamento do livro “FELA – Esta Vida Puta”
SANTANDER CULTURAL
(a partir das 18h30 | Entrada Franca)
Rua Sete de Setembro, 1028, Centro

Programação:
18h30 – exibição do documentário “Music is the Weapon” (Capacidade para 90 pessoas)
19h30 – Sessão de autógrafos com Carlos Moore
21h – Encerramento

—> Festa VooDoo de lançamento do livro “FELA – Esta Vida Puta”
com os DJ’s J. Oster e Tonho Crocco
exibição de filmes e documentários sobre afrobeat e black music
transmissão ao vivo do Programa VooDoo (Ipanema FM)

OCIDENTE (22h)
João Telles esquina Osvaldo Aranha

Ingressos:
R$20,00 antecipados na Lancheria do Parque (Av. Osvaldo Aranha, 1086) e na DonutsShop (Lopo Gonçalves, 108 – Cidade Baixa)
R$25,00 na hora

Apoio
Núcleo Urbanóide
DonutsShop
BD Divulgação
Catraca Filmes
PressXpress
Editora Nandyala
Casa das Áfricas

Promoção
Ipanema FM

Realização
VooDoo

_________________________________________________________

Azymuth no último domingo, em Porto Alegre

Azymuth, excelente banda brasileira de jazz, passou pela Capital no último domingo, em apresentação no Átrio do Santander Cultural, na Praça da Alfândega. Um show que causou encanto ao público, bastante diversificado etariamente, diga-se de passagem.

O trio – primeiros brasileiros a serem convidados ao Festival de Jazz de Montreux, em 1977 – apresentou um pouco da sua história de 38 anos juntos. Tocaram temas clássicos e incitaram à participação da plateia. A empatia dos membros da banda com o público era marcante.

Incrível como os tios de cabeça branca chegaram de mansinho, como se tivessem até alguma dificuldade. E era só o que não tinham, pois debulharam os instrumentos com maestria. Apresentação impecável.

Noite irrepreensível de jazz da mais absoluta qualidade, alternando momentos suaves com performances cavalescas de jazz-funk. Reverência aos homens, bonecada!

Informações da banda em http://www.azymuth.net/.

_________________________________________________________