The Big Boy Show

“Hello, crazy people! Aqui fala Big Boy, apresentando a Mundial é show musical!”

Essa era a clássica abertura do radialista e disc-jóquei Newton Alvarenga Duarte, o famoso Big Boy, no programa Big Boy Show, da Rádio Mundial, no final dos anos 60. Big Boy inovou a programação e a locução radiofônica, sendo responsável por reformular a linguagem e a comunicação em rádio, aproximando-se e identificando-se com o público jovem, assim influenciando profissionais do ramo até hoje. Além da irreverência e da descontração, da criação de jargões, da inserção de sonoplastias e todo tipo de loucura, destacou-se pela intensa pesquisa musical, trazendo lançamentos e raridades do exterior, tendo inclusive conhecido e entrevistado os grandes nomes da música pop de então. Pode-se dizer, ainda, que foi um dos responsáveis pela difusão da black music no Brasil, concomitante com o crescimento do movimento black nos Estados Unidos e a explosão do soul e do funk no final dos anos 60. Nessa linha criou também o consagrado Baile da Pesada, grande festa na qual destilava seus petardos do explosivo som negro dançante que surgia e se espalhava mundo afora.

Big Boy morreu jovem. Mas seu espírito e seu legado foram eternizados; por vários motivos. Seu filho, Leandro Petersen, de certo modo deu sequência ao trabalho do pai. Herdou seu incrível acervo de aproximadamente 20 mil discos e compactos e, amante de música tal qual, prosseguiu na pesquisa e na atividade de disc-jóquei, fundando (junto com outros aficcionados do gênero, Sir Dema, Lúcio Branco e Peixinho, que trabalhou como assistente de Big Boy) a festa “Soul, Baby, SOUL!”, um dos maiores bailes funky do país, já com 6 anos de vida e grandes públicos na bagagem.

E não esquece: Leandro Petersen vai nos mostrar uma diminuta – porém poderosa – parte dessa respeitável coleção de discos nesse domingo, dia 13/11, no Cabaret! É ele o convidado do Ritual VooDoo #24 – The Big Boy Show.

Em 2003 escreveu e dirigiu um documentário sobre seu pai, “The Big Boy Show”, como trabalho de conclusão do curso de Radialismo da UFRJ, sendo exibido em diversos festivais e ganhando alguns prêmios. Eis aqui o filme, em duas partes, pra vocês conhecerem um pouco mais da história dessa lenda do rádio brasileiro. Enjoy, crazy people!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s