O dia em que PC Capoeira fez VooDoo em Porto Alegre! Fotos do terceiro ritual!

Catarse. Magia. Como descrever? Pergunta-se em Porto Alegre, numa segunda-feira chuvosa e dengosa em começar a semana, sob o rescaldo de um domingo memorável: o que aconteceu ontem à noite? O que foi aquele ritual VooDoo de maio?

Os presentes à terceira edição da VooDoo, no especial James Brown, participaram de uma noite que transcendeu o esperado de uma mera festa. Não, a VooDoo não é uma festa. É um ritual! Que contou com comoção coletiva causada pelo groove safado do Pai do Funk e pelo movimento ensandecido do dançarino vindo direto do Rio de Janeiro pra abalar o Cabaret, chamado PC Capoeira. Confere no Flickr as fotos e videos desse encontro no qual ele e o Mr. Dynamite explodiram a pista da casa e hipnotizaram os presentes (inclusive nosso fotógrafo, Peter Krause)!

Foi um domingo fora do comum. Desde cedo acolhendo o nosso convidado carioca, apresentamos-lhe rapidamente a capital gaúcha, território onde nunca havia pisado. Até chimarrão o homem experimentou! Após, rumamos à rádio Ipanema, participando do Programa do Zé do Bêlo. Até aí, em poucos momentos e muitas histórias, já pudemos perceber, nos mínimos gestos, o jeito simples e a humildade do PC. Foi assim que o carioca suingue sangue bom entrou pra família VooDoo e pra história recente da noite portoalegrense. Alma pura. Puro Soul.

Na pista do Cabaret, PC desfilou toda sua malemolência e seu gingado. Trazia os aprendizes pra perto, ensinava coreografias, ensaiava passos, sempre com muita atenção de todos, participantes ou não. Era impossível ficar indiferente! Formaram-se até filas com todo mundo na pista, sem exceção, dançando em sincronia, cruzando-se e arriscando passos, capitaneados pelo maestro, sob o olhar incrédulo de quem entrava, de quem trabalhava na casa, de quem discotecava, do Rafa, do Oster e do Caiaffo, que comandavam o som mandando ver no groove, sem perder o compasso! Teve emoção. Alma. Coração. Teve sorriso. Teve suor. Teve até lágrima!

PC Capoeira invadiu Porto Alegre com a certeza de que botaria todo mundo pra dançar naquele bolicho até então desconhecido pra ele. Celebridade no RJ, integrando um time de nomes fortes como Gerson King Combo, Tony Tornado e Sandra de Sá, encontrado até por emissora de TV chinesa, agora PC conquistou a capital dos gaúchos. Seguido como um Moisés na pista, mesmo que com público menor do que o acostumado na consagrada “Soul, Baby, Soul” e nos bailes cariocas, terminou posando pra fotos com a recém formada legião de fãs portoalegrenses. Gostou. E, como dizemos sobre quem vem fazer VooDoo… Ele voltará!

Não faltaram ingredientes pra tornar o terceiro ritual épico. Não faltou dança, sonzera pra embalar ou música pra escutar de olhos fechados. Só não teve quem conseguisse escapar do ritmo VooDoo! Todos foram tomados. Voltarão, ouve-se…

Há quem diga que ninguém ali se esquecerá dessa noite.

Há quem diga que foi uma festa pra contar pros filhos.

Há quem diga que PC Capoeira faz VooDoo.

Até a próxima, dia 13/06! Com Copa do Mundo na África!

_______________________________________________________

Anúncios

2 Comentários

  1. Ver toda a galera aos passos do mestre PC CAPOEIRA com um set justo de muito embalo foi demais, espero que continue a festa por muito tempo, porque é realmente o SOUL que desperta o swing que cada um tem dentro de si, SALVE VOODOO!

  2. Memorável mesmo =)
    Na próxima vez que estiver em POA, quero ir em outra Voodoo! Ou a Voodoo poderia vir pra Salvador!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s