03/05, o aniversário do Pai do Funk

[09/05] VooDoo #03 – Especial James Brown, com participação de PC Capoeira

No dia 03 de maio de 1933, há 77 anos, na cidade de Barnwell, Carolina do Sul, nascia aquele que entraria para a história da música com apelidos como Mr. Dynamite, Mr. Please Please Her, The Hardest Working Man e The Minister of Funk: ninguém mais, ninguém menos que James Joseph Brown Jr. De família pobre e conturbada, quando Brown tinha seis anos foi deixado com uma tia que cuidava de uma casa de prostituição. Na infância e adolescência, foi engraxate, vendeu selos e ganhou alguns trocados lavando carros e louças na cidade de Augusta, Georgia. Aos 16 anos foi enviado para um centro de detenção juvenil: pegaram-no em flagrante comentendo assaltos a mão armada.

james brownFoi na prisão que conheceu Bobby Byrd: ele, que viria a ser integrante dos J.B.’s, a banda mais famosa que Brown conseguiu juntar, conseguiu sua soltura e James, novamente em liberdade, antes de conseguir firmar uma carreira musical, ainda tentou as alternativas do boxe e do beisebol. Brown voltaria a ser preso inúmeras vezes por posse ilegal de armas e de drogas, assim como violência doméstica. Sua estreia em disco acontece em 1956, junto ao grupo vocal The Flames, mas seu nome aparece pela primeira vez como um bandleader em 1958, quando lança o single “Try me” como James Brown and The Famous Flames. Sua primeira gravação de impacto vem em 1963, com o LP ao vivo Live at the Apollo. E daí em diante, bem, todos já sabem: The King of Soul, em sucessivas gravações, não só atinge progressivamente lugares mais altos nas paradas de sucesso como funda um novo ramo na grande árvore da música negra norte-americana. Funda o funk, o mais safado de todos os ritmos já inventados pelo homem. Seus shows eram apresentações extravagantes que reuniam bandas gigantes e artistas convidados, e que duravam muito mais tempo do que qualquer um poderia esperar. Os membros da banda, selecionados entre os melhores, eram regidos por um regime de excelência e multados em dinheiro por usarem calçados não-engraxados, por errarem notas musicais ou por entrarem atrasados no palco. Além de músico, foi um ativista dos direitos negros e há quem diga que um show seu, um dia depois da morte de Martin Luther King, evitou a explosão de uma guerra civil em Boston. Morreu de insuficiência cardíaca causada por complicações de uma pneumonia na madrugada de 25 de dezembro de 2006. Segundo seu amigo Charles Bobbit, suas últimas palavras foram “eu estou indo embora esta noite”.

A VooDoo de maio vai trazer o Godfather of Soul de volta e fazê-lo coordenar mais um ritual. Numa homenagem ao criador do funk, o mais safado dos ritmos, os residentes Rafa Rubim, J. Oster & Dr. Caiaffo trazem pra pista do Cabaret sets especialíssimos, recheados com o melhor da longa carreira de James Brown. No domingo, 09 de maio, semana em que ele estaria completando 77 anos, a partir das 21 horas, venha dançar com ele como ele sempre gostava.

Pra ir aquecendo o corpo, dá uma olhada nessa compilação de passos de dança do Ministro. E já imagina o que vai rolar no dia 09, no comando do mestre PC Capoeira na pista.

Make it Funky!

_______________________________________________________

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s